Segunda-feira, Fevereiro 09, 2009

9.fevereiro.2009

porque houve o tempo de espera. é como um filho. a gente aguarda enquanto ele se forma. a gente torce para que seja tudo bem. mas saber, exatamente, a gente não sabe. por isso, se adianta o que é possível. e, enquanto se espera, se acostuma. pensa. adia. planeja. reza. e espera. por mais que a gente queira, a gente ainda não sabe. mas é no tempo que as coisas ainda não são que a gente descobre. porque o mundo, ah, o mundo, ele é cheio de sinais. ele nos diz coisas de nós mesmos que desconhecíamos. e nos dá mais de nós, quando acreditamos que tudo havíamos perdido. e assim, contraditoriamente, meio de repende ao longo do tempo, acreditamos que poderemos construir um mundo novo. igual e diferente. é como se dar um presente. e quando você menos espera, chegou a hora. saber, a gente ainda não sabe. mas pensa. adia. planeja. reza. e sonha um pouquinho.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: