Terça-feira, Agosto 30, 2005
Ela era uma mulher. E não ficou espantada… E quase me sorriu uma vez. E quase me olhou nos olhos. Ela era uma mulher.

José Luís Peixoto, Nenhum Olhar, Agir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: