Quarta-feira, Junho 22, 2005

leitura diária
os poetas são um tipo mais sublime de escritores. os poetas são, da bíblia, o cântico dos cânticos. os poetas são a primeira estrela da noite e o primeiro fio de luz da manhã. os poetas são o céu azul depois de um dia nublado. os poetas são a flor em que os passarinhos vêm beber água. os poetas são crianças de roupas coloridas em dia de aula. os poetas são um adolescente aprendendo a dirigir pela contramão. os poetas são chocolate em dia par, rede depois do almoço, reticências no meio das orações. os poetas são o primeiro beijo, chuva de verão, mês de férias. os poetas me fazem feliz, mesmo quando me deixam triste.

instruções
eu preciso aprender a ler abraços. eu preciso saber quando eles querem me dizer chegue mais perto ou quando eles se desculpam pelo próprio constrangimento. quando eles são solidários com os meu temores ou quando eles me apunhalam pelas costas. eu preciso aprender a ler abraços, identificar quando eles olham nos olhos só por força do hábito, ou olham porque querem ver mais longe. perceber quando um abraço é um abraço ou o cumprimento forçado de pêsames a alguém que, por estar tão perto, não se pode estender a mão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: