Quinta-feira, Abril 28, 2005

feliz aniversário para Mag
Porque você é o meu amigo mais absurdo, que tem sempre as melhores piores histórias que, mesmo quando são difíceis de acreditar, eu creio, porque eu sempre acredito em você. Porque você só me escuta quando eu digo “Mag, tô mal, preciso conversar”, e mesmo assim não me escuta muito. Porque você me deu os melhores esporros da minha vida, e todos foram merecidos. Porque você é polêmico, briguento, fala alto, gesticula, não tem medo de dizer as coisas, fala sem pensar (feito eu) e encara as histórias de frente, mesmo quando foge delas. Porque você adora contar as vantagens que só você tem, e eu adoro ouvir, porque elas são a sua cara. Porque toda unanimidade é burra. Porque você não tem medo de pintar o cabelo de vermelho, e teme coisas tão mais simples, que só eu sei. Porque você não faz questão de mostrar que é bonito e tem o melhor pior estilo largadão i wanna be cafuçu, mas nunca vai ser cafuçu. Porque você é contraditório. Porque você muda e permanece sempre o mesmo. Porque você é generoso (mesmo quando não me escuta). Porque você sempre me mostra como o universo masculino funciona (e eu sou eternamente grata por isso) e acha que entende tudo das mulheres. Porque você fez chorar algumas das minhas melhores amigas e ainda assim, mesmo passional como sou, eu não consegui desgostar um pingo de você. Porque eu amo brigar com você e as nossas discussões são as melhoooooores ever e sempre me fazem pensar duas vezes, mesmo quando eu discordo veementemente. Porque para você eu fiz esse post com letras maiúsculas. Porque você é foda e para você eu escrevo palavrões. Porque você gosta dos beatles e não tem nada melhor do que ver sua cara de superioridade quando eu digo que “não, eu não gosto dos beatles”. Apesar de você ser rubro-negro. Porque eu te amo muitão e vou estar sempre torcendo por você, sempre. Porque às vezes eu acho que você ainda precisa aprender muitas coisas nessa vida, mas, maternal que sou, queria te pegar no colo para que doesse um pouco menos. Porque se eu fosse escrever tudo o que quero, esse post não acabaria nunca. Porque eu sei que você não pode ler esse texto, mas eu quis fazer assim mesmo. Mag, Feliz Aniversário, menino. Se cuide sempre! Beijos, Bonina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: